E-familyblog
SEARCH THIS BLOG |  SEARCH ALL BLOGS |  DENOUNCE THIS BLOG |  NEXT BLOG    |  Create a Blog |  E-familyblog  


Temas
Planejando a gravidez
Gravidez
Maternidade
Creche e Educação
Depressão Pós-parto
Endometriose
Minha História
Parto e Pós-Parto
Amamentação
Desenvolvimento Infantil
Fertilidade Masculina
Alimentação do Bebê
Enxoval e Festas
Saúde do Bebê
Variedades
Hormônios
Ovários Policísticos
Mulher e Adolescência
Blog e Promoções
Sono e Rotina do Bebê
Meu outro Blog
Página Principal
Entre em Contato


Os meus Atalhos
Utilidades (calculadoras, testes...)




Blog Da Fertilidade à Maternidade!

E-familynet.com Ticker
Blog Da Fertilidade à Maternidade!


[12/03 17:49]
Dúvidas sobre Prevenção e chances de gravidez!

1- Posso engravidar se transar durante a menstruação?

A chance de engravidar nessa fase é longínqua. Tudo porque na menstruação o revestimento interno do útero descama e, nesse momento do ciclo, não há mais nenhum óvulo para ser fecundado pelo espermatozóide.

2- Se foi coito interrompido, corro o risco e engravidar?

Sim. Durante a penetração, mesmo antes de ejacular, o homem solta algumas gotas de esperma. Apesar de conterem baixa concentração de espermatozóides, elas podem ser suficientes para engravidar uma mulher. Por isso, sempre use camisinha para evitar eventuais problemas.

3- Qual a fase mais segura para transar e não engravidar?

Para saber isso a mulher deve ficar de olho no período fértil (nos dias em que ela ovula há maior chance de engravidar). A mulher ovula sempre 14 dias antes da próxima menstruação. Para garantir, o casal precisa evitar relação sexual cinco dias antes e cinco dias depois da ovulação. Por exemplo, em uma mulher com ciclo regular de 28 dias, a ovulação deve ocorrer no 14º dia e o período fértil irá do 9º até o 19º dia. Fora desse período as chances de engravidar são mínimas. Mas lembre-se: a mulher precisa ter o ciclo menstrual regulado.

4- Todas as mulheres podem usar tabelinha?

Não, apenas as que têm um ciclo menstrual regular, que varia de 25 a 35 dias de diferença entre um e outro. Como a tabelinha se baseia na data da próxima menstruação, é arriscado adotar o método, mesmo para as mulheres "reguladas".

5- A camisinha masculina pode ser usada mais de uma vez?

De jeito nenhum. A camisinha é de uso descartável. Se lavar ou reaproveitar, ela se rasga facilmente.

6- A camisinha feminina é tão boa quanto a masculina? Incomoda usá-la durante a transa?

A camisinha feminina não apresenta contra-indicações e seu índice de falha é inferior a 1%. O único problema pode ser o aspecto que ela apresenta após ser introduzida na vagina. Fica com um anel externo para fora que pode desestimular visualmente as fantasias do parceiro. Se a mulher usar a camisinha feminina, o homem não precisa por a masculina, pois o atrito entre as duas pode provocar eventuais rompimentos. Porém, a camisinha feminina não apresenta nenhum incômodo para a mulher nem para o homem durante a relação sexual.

7 - Quando é necessário pôr a camisinha feminina? Devo usá-la logo nas preliminares?

A mulher pode por a camisinha até uma hora antes da relação. Porém, não é recomendado colocar muito antes, pois movimentar-se com ela incomoda um pouco. Nas preliminares também não é bom, pois a colocação também não é tão simples. O ideal é colocar minutos antes da relação. Depois de terminar por completo o ato sexual, não importa quantas penetrações houver, a mulher deve tirar a camisinha e jogá-la no lixo.

8 - Se eu esquecer de tomar a pílula anticoncepcional por um dia, posso engravidar?

O índice de falha da pílula não é muito alterado se a mulher se esquece de tomá-la por um dia durante o mês. Nesse caso, ela deve tomá-la assim que se lembrar, desde que isso aconteça menos de 12 horas após o horário correto. Depois das 12 horas, ela deve descartar a pílula esquecida e esperar até a hora habitual para tomar o comprimido correto. Caso a mulher se esqueça de tomar a pílula por 2 dias ou mais, consecutivos ou não, o melhor a fazer é utilizar outros métodos (camisinha, por exemplo) para garantir.

9 - Qual a diferença entre a pílula vaginal e a via oral?

As duas têm a mesma composição química. A diferença está no modo de usar. Enquanto a pílula via oral deve ser ingerida diariamente pela boca, a vaginal deve ser introduzida diariamente na vagina, durante o mês, respeitando o período de 7 dias de descanso. E atenção: antes de colocar a pílula na vagina, a mulher deve lavar muito bem as mãos. A pílula vaginal é recomendada para quem tem problemas de estômago com a utilização das pílulas orais.

10 - A pílula do dia seguinte funciona?

Sim, a pílula do dia seguinte, aquela que você toma depois do ato sexual para não engravidar, é segura e sua eficácia é bem maior se tomada o quanto antes. Por isso, a mulher deve ingerir a pílula até 72 horas depois da transa. Ela é feita com uma dosagem excessiva de hormônios que dificulta a nidação (fixação do óvulo no útero). Entretanto, seu uso freqüente não é aconselhável e só deve ser tomada em casos de emergência.

11- Ter relação logo após a menstruação quais as chances de engravidar? 

Se foi logo após a menstruação, provavelmente, vc não está no período fértil. Isso ocorre pela lá metade do ciclo, ou seja, cerca de 14 dias antes da data da próxima menstruação. Portanto, o risco é praticamente inexistente. Mas se vc não quer engravidar o melhor é prevenir sempre!

12-Meus seios estão um pouco maiores, e tomo anticoncepcional. Posso estar grávida? 

Se você tomou pílula corretamente não tem porque ter engravidado. O aumento dos seios pode ter outras causas que não uma gravidez. Além disso, a gravidez tem outros sintomas como atraso menstrual, ganho de peso, náusea e enjôo nos primeiros meses entre outros. Na dúvida, procure seu ginecologista.

13- Posso engravidar durante o intervalo da píolula anticoncepcional?

A maior parte das pílulas anticoncepcionais vendidas atualmente é uma combinação dos hormônios femininos estrógeno e progesterona. A garota deve tomar o comprimido por 21 ou 24 dias seguidos. Isso significa que ela toma a caixa toda. Em seguida deve fazer uma pausa de sete ou quatro dias. Há uma queda no nível dos hormônios no organismo. Essa queda leva à descamação do útero, ou seja, a mulher menstrua sem correr nenhum risco de engravidar. Porém, respeite a pausa, não prolongue os dias além do necessário.

14- Existe período fértil para as mulheres que tomam anticoncepcional? Há  possibilidade de engravidar após 4 dias do fim da menstruação?

Se a mulher toma a pílula corretamente, ela não ovula, portanto, não existe período fértil enquanto ela estiver em uso do anticoncepcional. A proteção vale para o mês inteiro, incluindo o período de pausa entre as cartelas. Se ela não tomar anticoncepcional, 4 dias depois do final da menstruação já pode ser seu período fértil, dependendo de quanto dure o seu ciclo e quantos dias demora a menstruação. Uma mulher com ciclo de 26 dias, que menstrue por 8 dias, está no seu período fértil justamente 4 dias após terminar a menstruação.

15- Quanto tempo após a relação sexual consigo saber se estou grávida?

Os testes vendidos na farmácia começam a detectar a gravidez logo nos primeiros dias de atraso menstrual. 

Como a ovulação ocorre 14 dias antes do início da próxima menstruação (esse seria o período em que poderia ocorrer a fecundação e, consequentemente, a gravidez), pode-se dizer que os testes detectam a gravidez a partir de duas a três semanas depois da relação suspeita. 

Os testes pedidos pelo médico, como a dosagem de HCG no sangue, conseguem identificar a gravidez alguns dias antes dos testes de farmácia.

16 - Quais são os efeitos causados pelo uso freqüente da pílula do dia seguinte? É verdade que quanto mais se toma, menor é o efeito?

A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência e, como o próprio nome diz, não foi feito para ser usado com freqüência. O medicamento tem na sua composição uma dose alta de hormônios e por isso causa como efeito colateral uma desorganização do ciclo hormonal da mulher. 

Dessa forma, quanto mais desregulado estiver o ciclo, mais imprevista será a próxima ovulação. Assim, fica difícil saber se a mulher está no período fértil ou não. Além disso, a pílula do dia seguinte pode causar náuseas, vômitos e dor de cabeça. Melhor se proteger com outro método em todas as relações sexuais, como a camisinha, que evita também a transmissão de uma doença sexualmente transmissível (DST).

17- Depois de quanto tempo a pílula anticoncepcional começa a fazer efeito?

A proteção do anticoncepcional não é atingida com apenas uma pílula, mas sim pelo seu uso regular. Mais do que o efeito de um único comprimido, a segurança da pílula anticoncepcional na proteção contra uma gestação indesejada é garantida pelo uso contínuo dos comprimidos. Assim, você só estará protegida com esse método se seguir corretamente as orientações do seu médico, iniciando a cartela no dia certo e tomando os comprimidos diariamente. 

Uma conversa com o seu médico poderá ajudar ainda mais.  Se a garota iniciar o uso da pílula no primeiro dia do ciclo (primeiro dia em que há o sangramento da menstruação), ela já estará protegida desde o primeiro comprimido (desde que ela faça o uso absolutamente correto). Se ela começar a pílula no meio do ciclo, a proteção só vale a partir do segundo ciclo.
 

18- Analgésicos, anti-inflamatórios e remédios para emagrecer podem cortar o efeito do contraceptivo?

As interações medicamentosas podem existir entre muitas drogas quando tomadas simultaneamente, mas apenas em poucas vezes isso pode causar alguma alteração significativa no funcionamento do remédio, tanto do anticoncepcional quanto da outra medicação. O ideal é sempre estar atento às orientações contidas na bula para evitar as combinações proibidas e sempre comunicar ao médico que a acompanha outras drogas que costuma utilizar. Em caso de dúvidas, não custa nada ligar para o seu ginecologista.

19- Enquanto a mulher está amamentando e não pode usar anticoncepcionais, ela corre o risco de engravidar novamente?

Durante a amamentação regular, a chance de se engravidar é menor mesmo, mas não há segurança total, a ponto de não precisar usar nenhum método anticoncepcional. A pílula normal não deve ser usada nesse período (da amamentação), mas existem outros métodos possíveis, inclusive uma pílula com composição diferente e a própria camisinha. Converse com um médico para saber o melhor método para o seu caso.

20- Gostaria de saber se a pílula do dia seguinte pode atrasar a menstruação?

Sim, a pílula do dia seguinte pode interferir no ritmo normal da sua menstruação. Vai depender muito da fase do ciclo em que a garota estava, para saber o que pode acontecer, mas, de maneira geral, ocorre perda de sangue alguns dias depois da pílula do dia seguinte e a menstruação regular pode “atrasar”.

Fontes: Portal de ginecologia, Blog Dr. Jairo Bauer.


Trackbacks

TRACKBACK URL: http://www.e-familyblog.com/trackback/34088

Comentários
re: duvida
Oi Mateus, chances sempre tem, o coito interrompido não é um bom método de prevenção de gravidez, pois mesmo não ejaculando há liberação de espermatozóides no líquido seminal, as chances são menores da gravidez acontecer, mas existem. Alê
Escrito por: | 03/01 10:58

re:
Se tomada corretamente e o quanto antes, a eficácia é alta, ou seja, as chances de gravidez são muito baixas, mas não nulas.
Escrito por: | 05/07 12:45


Gostaria de saber se é possivel engravidar tomando a pilula do dia seguinte após a relação
Escrito por: | 04/07 14:41


colocar um comentário
Nome:


EMail:


Título:


Comentários:

Código:




* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!

Blog Da Fertilidade à Maternidade no Facebook!



Link-Me!


Parceiros:
* Se vc quer entrar nesse painel, entre em contado!

Da Fertilidade à Maternidade no Facebook



FeedSearch - Feeds RSS e Atom
A service of e-familyblog.com, powered by E-familynet Networks